JAPONESES NÃO QUEREM: Olimpíadas de Tóquio tem baixa aprovação da população, que teme contaminação por coronavírus

Uma pesquisa divulgada neste domingo (19.jul.2020) mostrou que menos de 1/4 dos japoneses (23,9%) apoia a realização das Olimpíadas em 2021. Os restantes se dividiram entre adiar os jogos (36,4%) ou cancelar essa edição (33,7%). Os Jogos Olímpicos de Tóquio estão marcados para acontecer de 23 de julho a 8 de agosto de 2021.

Feita pela agência de notícias japonesa Kyodo, a pesquisa indica que a pandemia causada pelo novo coronavírus é a principal causa para os japoneses não quererem o evento. Para 75,3%, a doença não estará controlada até a data de início. 12,7% pensam que o governo deveria se focar no combate ao vírus e não nas Olimpíadas. 5,9% temem os custos adicionais que os Jogos acarretam.

O Japão está considerando diminuir as restrições de viagem para atletas estrangeiros de países que estão sujeitos à proibição de entrada, se não estiverem infectados com o vírus. Tóquio estuda maneiras de fazer 1 evento menor, adaptando a nova realidade.

Thomas Bach, presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional) disse que não existe a possibilidade de 1 novo adiamento. Se não for possível realizar essa edição em julho de 2021, o evento deve ser cancelado.

APROVAÇÃO DO GOVERNO

A taxa de aprovação de Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão, subiu de 36,7% para 38,8% no último mês, de acordo com a pesquisa. No entanto, 66,4% da população pensam que o país deveria declarar mais uma vez o estados de emergência. Desde o abrandamento das medidas de restrição, em maio, Tóquio e outras cidades do Japão registraram aumento no número de casos.

Mostre mais
Fechar