Johnson & Johnson cadastra interessados para participarem de novo teste de vacina no DF

A vacina Ad26.COV2.S, da farmacêutica Johnson & Johnson, passou a  cadastrar nesta segunda-feira (21) pessoas interessadas em participarem de forma voluntária da pesquisa em humanos que será realizada no Distrito Federal. 800 moradores da capital federal e do entrono serão vacinados com o material. A previsão é de que os testes sejam iniciados em outubro.

“Neste estudo, teremos 800 pacientes voluntários, que serão divididos em dois grupos, de 18 a 59 anos e acima de 60. Eles serão colocados em mais dois subgrupos, de pessoas saudáveis e portadores de doenças crônicas, desde que compensadas”, explicou Eduardo Freire Vasconcellos, diretor do Instituto de Pesquisa L2iP..

A expectativa do laboratório com estes testes é mensurar a capacidade da vacina de imunizar pessoas saudáveis. Aqueles que forem submetidos a vacinação realizarão um exame sorológico após 28 dias para comprovarem se desenvolveram ou não imunidade ao novo coronavírus.

“É bastante inovador e promissor. É a primeira vez que estamos tentando cessar uma pandemia com esses estudos sendo realizados simultaneamente. Mas, esse tipo de vacina já é testado em humanos desde 2008, em casos de outras patologias. Já foram feitos 35 estudos populacionais grandes dessa vacina, não sendo para covid, e 75 mil pessoas foram vacinadas no continente africano com esse conceito”, pontua o diretor do Instituto.

Mostre mais
Fechar