Justiça bloqueia bens de donos da RedeTV! por dívida de R$ 137 milhões

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e privilegiados com verba publicitária do governo, os donos da RedeTV!, Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho, tiveram seus bens pessoais bloqueados após determinação do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Segundo informações de Rogério Gentile, a emissora é cobrada por uma dívida estimada em R$ 137,8 milhões. A decisão de bloqueio foi tomada pela juíza Maria Rita Rebello Pinho Dias, da 3ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais.

O processo contra a RedeTV! foi movido pela Petroforte Brasileiro de Petróleo, empresa que chegou a ser a terceira maior distribuidora de combustíveis do país e tem origem em empréstimos obtidos pela emissora junto ao Banco Rural.

O crédito depois comprado por uma das empresas do grupo Petroforte, que faliu. Agora, a massa falida cobra a dívida da RedeTV!.

O advogado da emissora, José Carlos Etrusco Vieira, disse à coluna que a RedeTV! não reconhece a dívida e o seu “absurdo valor”. Ele afirmou também que vai recorrer da decisão.

No início do mês, o portal Na Telinha havia revelado que os empresários estavam negociando a venda da emissora a um grupo estrangeiro. O cantor de pagode Netinho de Paula seria o intermediador das negociações.

Além das dívidas, a RedeTV! enfrenta hoje baixos índices de audiência. A emissora está em sexto lugar no Ibope, atrás de Globo, Record, SBT, Band e Cultura.

Mostre mais
Fechar