Justiça determina realização de novas eleições na Câmara de Princesa Isabel

A eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Princesa Isabel foi anulada por decisão judicial por estar em desacordo com o Regimento Interno. A juíza Maria Eduarda Borges Araújo, da 1ª Vara Mista da Comarca de Princesa Isabel, deferiu pedido liminar para declarar a nulidade da eleição para a Mesa Diretora da Câmara referente ao biênio 2019/2020. Todos os participantes da chapa que foi declarada vitoriosa foram afastados

A magistrada determinou, ainda, a realização de novas eleições, no prazo máximo de 30 dias. A presidência da Casa ficará, de forma interina, ficar a cargo do parlamentar que obteve a maior votação no último pleito municipal, sob pena de fixação de multa pessoal e diária por descumprimento.

 

 

Mostre mais
Fechar