MAIS DE R$800 MIL POR MÊS: Ministério Público pede exoneração de 271 servidores que incham folha de pagamento de Piancó

A prefeitura de Piancó deverá exonerar 271 de servidores comissionados. Essa é a recomendação expedida pelo Ministério Público após constatar que cidade tem 441 comissionados, sendo 260 coordenadores e 133 ocupando cargos de direção.

Lembrando que a cidade tem pouco mais de 16 mil habitantes. O número é tão elevado que a cidade consegue ter mais comissionados que Campina Grande (364) e Patos (209), conforme os dados disponibilizados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB).

“Os cargos comissionados representam 78,19% de servidores efetivos, demonstrando a completa desvirtuação dos cargos em comissão, fazendo com que haja praticamente um chefe ou diretor para cada servidor efetivo, sendo que aqueles cargos são de livre provimento e deveriam se ater apenas e tão somente, nos termos da Constituição Federal, a funções de chefia, direção ou assessoramento”, explicou o promotor de Justiça, Leonardo Clementino.

Segundo o MP de 2017 até agora a folha de comissionados da prefeitura cresceu mais de 300%. O gasto com o pagamento de salários desse grupo é superior a R$ 820 mil por mês, conforme o TCE.

Mostre mais
Fechar