Membros do TJPB elegem Saulo Benevides como novo presidente do TJPB

Por unanimidade, o Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba elegeu, na tarde desta quarta-feira (11), a nova Mesa Diretora do Poder Judiciário estadual para o biênio 2021/2022. Por aclamação, a Corte escolheu os desembargadores Saulo Henriques de Sá e Benevides, para o cargo de presidente; Maria das Graças Morais Guedes, como vice-presidente; e Fred Coutinho, para o cargo de corregedor-geral de Justiça.

Os futuros gestores do TJPB tomarão posse no dia 1º de fevereiro do próximo ano e substituirão os desembargadores Márcio Murilo da Cunha Ramos (presidente), Arnóbio Alves Teodósio (vice-presidente) e Romero Marcelo da Fonseca Oliveira (corregedor-geral de Justiça).

A eleição, conduzida pelo atual presidente do TJPB, desembargador Márcio Murilo, contou com a presença dos membros integrantes. O pleito foi realizado durante a 13ª sessão ordinária administrativa da Corte e, de forma inédita, foi transmitido por videoconferência no Canal do Tribunal de Justiça no Youtube.

Na oportunidade, foram eleitos, ainda, de forma virtual, os desembargadores Ricardo Vital de Almeida, como diretor da Escola Superior da Magistratura (Esma), José Aurélio da Cruz, que foi reconduzido ao cargo de ouvidor-geral do Tribunal de Justiça, e, de igual forma, João Benedito da Silva, também como ouvidor substituto.

O Tribunal Pleno escolheu, também, os novos membros efetivos e suplentes do Conselho da Magistratura para o próximo biênio. Como efetivos, foram escolhidos os desembargadores Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, João Benedito da Silva e Marcos Cavalcanti de Albuquerque. Já os suplentes selecionados foram os desembargadores Carlos Martins Beltrão Filho, Arnóbio Alves Teodósio e Abraham Lincoln da Cunha Ramos.

Em seu discurso, o futuro presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Saulo Benevides, já deu o tom e salientou a meta de sua gestão: trabalho, trabalho, trabalho. “Este é, sem dúvida, um momento que ficará marcado em minha vida e carreira de magistrado. Poucas vezes ocorrem fatos desta natureza. É uma demonstração pública de harmonia e união a eleição por aclamação dos integrantes da Mesa Diretora, bem como do diretor da Esma. Agradeço a todos os desembargadores pelo voto de confiança, notadamente ao amigo presidente Márcio Murilo, cuja dinâmica, eficiente e moderna administração vem contribuindo, decisivamente, para melhorar o Poder Judiciário paraibano”, enalteceu.

Além disso, o desembargador Saulo Benevides frisou que este é um tempo de paz, harmonia e união, resultado de intenso trabalho do presidente Márcio Murilo. “Ciente da responsabilidade do cargo de presidente, pretendo dar continuidade aos atuais projetos e lançar outros de modernização e aprimoramento do nosso Judiciário. Procurarei dialogar, de forma transparente e democrática, com servidores, magistrados, advogados, Ministério Público estadual, Defensoria Pública e darei continuidade às boas e construtivas relações institucionais, sempre preservando o prestígio e imagem do Poder Judiciário da Paraíba. Tenho a plena convicção de que, em sintonia com meus colegas também eleitos, lutaremos, cotidianamente, para solucionar os problemas que surgirem, com ações de melhoria na estrutura de trabalho de juízes e servidores e foco na célere prestação jurisdicional”, discorreu.

Assessoria

Mostre mais
Fechar