Ministro Pazuello afirma que vacina contra Covid-19 estará disponível no SUS em breve

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta sexta-feira (02) que “em breve” a vacina contra a covid-19 vai ser acrescentada ao PNI (Programa Nacional de Imunizações), que faz parte do SUS (Sistema Único de Saúde). A declaração foi dada durante o lançamento da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação para atualização da caderneta de crianças e adolescentes, em Brasília.

“Nós trabalhamos muito para acrescentar nesse rol a vacina para combater a covid-19. Essa é outra grande tarefa do SUS, do nosso PNI e da Secretaria de Vigilância em Saúde”, disse.

“Em breve nós vamos ter mais uma vacina aqui, talvez vários tipos, mas a vacina da covid-19 vai estar aqui liberada para que a gente possa vacinar a população também nesse programa”, acrescentou.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação começa na segunda-feira (5) e vai até o dia 30 de outubro. Em relação à poliomielite, a meta é vacinar, no mínimo, 95% do público-alvo: crianças de 1 a 5 anos incompletos.

Já a multivacinação é direcionada para crianças e adolescentes menores de 15 anos não imunizadas ou que estejam com o esquema de vacinação incompleto, conforme o calendário nacional.

O ministério tem dado orientações aos postos de saúde para garantir que a vacinação ocorra de forma segura durante a pandemia de covid-19, segundo divulgado pela pasta.

Dentre elas, está realizar a administração de vacinas em locais abertos e ventilados, garantir a disponibilidade de local para lavagem de mãos ou disponibilizar álcool em gel 70%, orientar que só um familiar acompanhe quem será vacinado e fazer a triagem de pessoas com sintomas respiratórios antes da entrada na sala de vacinação.

Mostre mais
Fechar