MISTÉRIO: Dois anos após desaparecer, mulher é encontrada boiando no mar

No último sábado (26) um pescador de Puerto Colombia, na Colômbia, encontrou uma mulher boiando a dois quilômetros e meio da praia. A mulher encontrada pelo pescador é Angelica Gaitán, que estava desaparecida há dois anos.

No momento em que foi encontrada a mulher apresentava sinais de hipotermia e estava debilitada. Segundo informações da imprensa local, a mulher teria ficado no mar por volta de oito horas. Ela ainda chegou em estado de choque ao hospital.

Desaparecimento

Há dois anos a família de Angelica havia perdido o contato com ela e desde então o seu paradeiro vinha sendo um mistério. Atualmente os policiais que investigam o caso trabalham com duas linhas investigativas principais: na primeira, acredita-se que Angelica tenha se jogado no mar para escapar dos abusos que ela sofria do parceiro. O relacionamento não tinha o apoio da família dela.

A mulher havia perdido contato com a família havia dois anos. O paradeiro dela e o que fez no tempo desaparecida estão sendo apurados pela polícia, que trabalha com duas linhas de investigação: na primeira, acredita-se que Angelica tenha se jogado no mar para escapar dos abusos que ela sofria do parceiro. O relacionamento não tinha o apoio da família dela. Em outra versão, a mulher passou dois anos vivendo em um abrigo em Barranquilla, onde sofreria maus-tratos.

Mostre mais
Fechar