Morre aos 88 anos Quino, criador da Mafalda

O cartunista argentino Quino, criador da Mafalda, morreu nesta quarta-feira (30), aos 88 anos. A informação revelada pelo jornal argentino Clarín foi confirmada por Daniel Divinsky, editor de Quino, em sua página no Twitter.

“Morreu Quino. Todas as pessoas boas deste país e do mundo vão chorar.”

Ainda segundo o Clarín, Quino sofrera um AVC na última semana.

Nascido em 17 de julho de 1932, Joaquín Salvador Lavado Tejón decidiu ainda criança que viveria de sua arte. Adulto, Quino ingressou a Faculdade de Belas Artes que acabaria largando em 1949 por ficar entediado com as aulas teóricas. A primeira veiculação de uma arte sua aconteceu em novembro de 1954 na revista Esto Es, vindo a desenhar regularmente para jornais argentinos apenas três anos depois.

O ponto de virada de sua carreira aconteceria em 1963 com a publicação de Mundo Quino, seu primeiro livro de humor. No ano seguinte, Quino cria a Mafalda, personagem que protagonizou mais de 1900 tiras entre 1964 e 1973. Quatro anos depois, Quino foi convidado pela UNICEF para ilustrar a Edição Internacional da campanha mundial da Declaração do Direitos da Criança com personagens da turma da Mafalda.

Após a aposentar Mafalda, Quino seguiu publicando quadrinhos e tirinhas de humor em livros e jornais como o Clarín.

Mostre mais
Fechar