NO CÉU ACABOU O PÃO: Sem Renato Aragão, ‘Criança Esperança’ terá novo formato em 2020

Há 35 anos no ar, o programa beneficente da Rede GloboCriança Esperança, terá um formato inédito em 2020 em razão da pandemia do novo coronavírus. A emissora divulgou na tarde desta segunda-feira, 17, um comunicado anunciando que o programa será dividido, com uma parte virtual e outra gravada dentro dos estúdios Globo.

O show, marcado para o dia 28 de setembro, terá seis apresentadores nos estúdios da Globo no Rio de Janeiro. São eles: Fátima Bernardes, Luis Roberto, Tiago Leifert, Jessica Ellen, Luciano Huck e Maju Coutinho. O programa terá ainda a participação remota de Pedro Bial, Serginho Groismann e Ana Maria Braga. Os três estão isolados, de quarentena dentro de suas casas, desde o inicio da pandemia. Todos os números musicais, que ainda não foram divulgados, serão produzidos à distância. O comunicado não cita Renato Aragão, que deu início ao projeto na emissora, e recentemente teve seu contrato encerrado.

Os mesões com os famosos atendendo os telefonemas das doações, ocorrerão em dois dias antes do show (26 e 27 de setembro), e também vão acontecer virtualmente. “A campanha reforça que, mesmo em momentos desafiadores como o que vivemos, há inúmeros motivos para a esperança existir e ser compartilhada”, diz o comunicado da emissora.

Mostre mais
Fechar