‘O FUTURO É UMA INCÓGNITA’: Maradona é sedado para diminuir sintomas da abstinência, diz médico

Alfredo Cahe cumpriu o papel de médico pessoal de Diego Armando Maradona entre 1977 e 2007, e nesta sexta-feira foi integrado na atual equipe clínica, liderada por Leopoldo Duque, para supervisionar a recuperação do treinador do Gimnasia.

‘El Pibe‘ encontra-se, neste momento, internado na Clínica Olivos, na capital argentina de Buenos Aires, após ser submetido a uma operação a um hematoma subdural, e o especialista avisa que o prognóstico não é animador.

“Agora está bem, está sedado. Depois de um pós-operatório como este, o neurocirurgião tomou a decisão de que ele tinha que estar sedado durante, pelo menos, o dia de hoje”, afirmou, citado pela estação televisiva argentina TyCSports.

“Depois disso, veremos, porque, pelas análises que já foram feitas, sabemos aquilo que ele tem. Aquilo que será o futuro do Diego é a incógnita que tanto me preocupa”, prosseguiu o especialista.

Alfredo Cahe defendeu, no entanto, que Maradona deve ser imediatamente colocado numa clínica de reabilitação para tratar o alcoolismo: “Penso que sim. Há que ir passo a passo. Claro que o resto da família concorda que, neste estado, o Diego é ingovernável e vai deteriorar-se”.

“Há que pegar o touro pelos chifres, sermos firmes e procurar os melhores profissionais”, referiu o médico, acrescentando: “O álcool é uma droga, por isso trocou uma coisa pela outra. O álcool constituiu uma das bases do vício por drogas do Diego”.

Mostre mais
Fechar