PM desarticula esquema de venda de vagas em fila para pagamento do auxílio emergencial

Valor cobrado pelas vagas variava entre R$ 30 e R$ 40. Usuários que questionassem a ação eram ameaçados de agressão ou morte

A Polícia Militar desarticulou um esquema para de venda de vagas na fila de um banco que efetua o pagamento do auxílio emergencial, no município de Santa Rita, na Grande João Pessoa. A ação aconteceu na manhã desta terça-feira (12), após denúncias de clientes do estabelecimento.

Conforme a Polícia Militar, pelo menos quatro homens fazem parte do grupo que ocupava e vendia os lugares. Os suspeitos chegavam ao banco ainda na madrugada e a agência só abre às 9h.

Os homens amarravam cerca de 15 cadeiras com cadeados no começo da fila. Os clientes que chegassem ao banco eram direcionados para os últimos lugares.

O valor cobrado pelas vagas variava entre R$ 30 e R$ 40. Quem questionasse a ação, era ameaçado de agressão ou até de morte.

Segundo a polícia, a gerência do banco já havia solicitado a presença da polícia para organizar a fila. O G1 não conseguiu contato com o estabelecimento.

A suspeita é de que o grupo agia desde o início do pagamento do auxílio emergencial.

Os suspeitos ainda não foram identificados e fugiram com a chegada dos policiais, que continuarão fazendo rondas no local para evitar que o grupo continue agindo. Os suspeitos podem responder pelo crime de extorsão.

Mostre mais
Fechar