PMJP oferece aulas gratuitas de jiu-jitsu para pessoas com deficência

A Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer) de João Pessoa iniciou um projeto pioneiro na gestão municipal ao oferecer aulas gratuitas de jiu-jitsu para pessoas com deficiência, no Centro de Treinamento Ivan Tomaz, no Valentina.

De acordo com o secretário da pasta, Kaio Márcio, o objetivo é expandir o projeto para praças e ginásios, gerando inclusão social por meio do esporte. Ele também planeja incluir a modalidade convencional do jiu-jitsu no cronograma da Secretaria.

“Decidimos abraçar esse projeto por ser a cara da nossa secretaria. Me sinto muito honrado por desenvolver um trabalho desse porte. Decidimos fazer nesse momento para pessoas com deficiência, mas vamos buscar expandir para o convencional também. O jiu-jitsu é um esporte que deve se tornar olímpico e paralímpico nos Jogos de 2024, em Paris, e temos perspectivas de formar grandes campeões. Temos grandes atletas e queremos ter mais pessoas praticando, com a chance de surgir novos talentos para desenvolver a modalidade”, comentou o secretário.

As aulas são ministradas pelo bicampeão brasileiro e mundial, Rômulo Martins. “Nunca foi realizado antes esse projeto na nossa cidade de forma gratuita para todos. O secretário Kaio Márcio, que é um campeão nas piscinas, sabe o quanto é difícil treinar para ser campeão. Queremos alcançar também a reabilitação das pessoas que sofreram acidentes e estão em cima de uma cama, andando de cadeira de rodas, tomando remédio para depressão pós-acidente e achando que a vida acabou. Quem sabe no meio desses caras não podemos fazer mais campeões?”, comentou o professor, que nasceu com paralisia cerebral.

As inscrições no projeto de jiu-jitsu para pessoas com deficiência são gratuitas e feitas no próprio CT Ivan Tomaz. O horário de funcionamento é de 8h às 17h. As atividades ocorrem às segundas, quartas e sextas-feiras, das 15h às 17h, no local.

Mostre mais
Fechar