‘PODE ARRANCAR A CABEÇA’: Suspeito de assassinar jovem de Caruaru tem ‘ordem de execução’ decretada para quando chegar no Róger

O caso do assassinato da jovem Patrícia Roberta segue em sigilo da justiça, mas informações sobre uma possível ameaça de morte contra o principal suspeito tomaram conta das redes sociais nessa sexta (30).

De acordo com um print vazado em uma rede social, chefes de quadrilhas ordenaram a execução de Jonathan Henrique, o Natan, de 22 anos, quando ele chegar a carceragem do Presídio do Róger. Atualmente o suspeito cumpre quarentena na Central de Polícia Civil.

Ele passou por audiência de custódia virtual, na tarde desta quarta-feira (28), ainda na Central de Polícia Civil, para onde foi levado após ser preso na noite dessa terça-feira (27), na casa de um amigo, em Mangabeira. O rapaz é suspeito de matar a amiga de infância, no apartamento dele no Novo Geisel, em João Pessoa.

Patrícia Roberta saiu de casa em Caruaru, na sexta-feira (23), com destino a João Pessoa para visitar o amigo Jonathan, que conhecia há mais de 10 anos. Foi deixada trancada no apartamento dele e avisou à mãe sobre esse comportamento estranho do amigo. Após diálogos no domingo, a jovem de 22 anos informou à mãe que Jonathan havia voltado ao apartamento e que os dois iriam viajar para Caruaru. Depois disso, Patrícia foi morta e o corpo encontrado pela Polícia Militar e Corpo de Bombeiros em uma mata por trás do condomínio Geisel Privê.

 

Mostre mais
Fechar