Polícia investiga causas de desabamento de prateleiras em Atacadão

A Polícia Civil está investigando o caso sobre o desabamento de prateleiras que aconteceu na noite da última sexta-feira (2) no supermercado Mix Mateus Atacarejo, situado no bairro Vinhais, em São Luís. De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma pessoa morreu e oito ficaram feridas.

Por meio de nota, a Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) informou que “o inquérito deve apontar se houve imperícia ou qualquer tipo de negligência que tenha ocasionado o fato”. A Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa disse ainda que equipes do “Instituto de Criminalística (Icrim) estiveram no local na madrugada, onde realizaram os trabalhos iniciais de perícia”.

ENTENDA: Prateleiras de Atacadão desmoronam durante horário de funcionamento e deixa ao menos uma morte – VEJA VÍDEOS

Vídeos divulgados nas redes sociais mostraram estruturas metálicas caindo em uma espécie de efeito dominó. No momento do acidente, havia uma movimentação intensa de pessoas no supermercado.

A pessoa que morreu foi identificada como Elane de Oliveira Rodrigues, que trabalhava no supermercado. Ela tinha 21 anos e era paraense. O enterro da jovem será na tarde deste domingo (4) em um cemitério da Região Metropolitana de São Luís.

Seis feridos foram encaminhados a hospitais pelas equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os outros dois feridos foram socorridos por pessoas no local. Os bombeiros encerraram as buscas na manhã de sábado (3).

Leia a íntegra da nota

“A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) informa que a Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) está investigando o caso. O inquérito deve apontar se houve imperícia ou qualquer tipo de negligência que tenha ocasionado o fato. Equipes do Instituto de Criminalística (Icrim) estiveram no local na madrugada, onde realizaram os trabalhos iniciais de perícia. As atividades seguiram durante toda a manhã deste sábado (03), com equipes de Engenharia Forense do Icrim, composta por engenheiros civis, mecânicos e eletricistas, dando continuidade aos procedimentos legais”.

Inquérito civil

Na manhã de sábado, o Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) informou que vai instaurar um inquérito para apurar as causas do acidente.

Em nota, o órgão afirma que “envidará esforços para que ocorra o cumprimento rigoroso das normas de saúde e segurança de trabalho a fim de evitar novos acidentes”.

“O MPT-MA se solidariza com familiares e amigos das vítimas e reforça seu compromisso de atuar na defesa dos direitos trabalhistas e na garantia de um meio ambiente de trabalho seguro e saudável”, diz o comunicado.

Empresa lamentou

Após o acidente, o Grupo Mateus, empresa da qual faz parte o supermercado Mix Mateus Atacarejo, divulgou uma nota afirmando que funcionários acompanharam o trabalho de resgate e que a empresa prestou auxílio e deve colaborar com as autoridades.

O comunicado acrescenta que, em razão do acidente, todas as lojas do Grupo Mateus em São Luís não funcionaram no sábado.

Mostre mais
Fechar