Raoni Mendes mostra preparo e apresenta propostas para João Pessoa durante debate na TV

O pré-candidato a prefeito de João Pessoa, Raoni Mendes (DEM), participou, na noite deste sábado (7), do debate para as eleições deste ano realizado pela TV Correio. O democrata debateu temas como combate à corrupção, atenção à saúde básica, educação, segurança pública e mobilidade urbana. Ele mostrou preparo e disposição para assumir a gestão municipal.

Raoni Mendes discutiu os problemas vivenciados pelos pessoenses e apresentou propostas para melhoria da qualidade de vida da população. “Eu me coloco como candidato com muita atenção, dedicação e esforço. Elaborei um projeto inovador para a cidade para colocá-la no século 21. A minha expectativa é que as pessoas que nos assistiram façam uma avaliação dos candidatos que estão preparados para governar João Pessoa pós-pandemia”, disse Raoni.

O democrata ressaltou o combate à corrupção. “Ao longo da minha vida pública nunca pisei na calçada da Polícia Federal. Quem vai combater a corrupção na minha gestão será o próprio prefeito. Enquanto vereador, fui eu quem denunciei para o Ministério Público Federal (MPF) o desvio da obra da Lagoa. Nesse rito que mantive de fiscalização, a prefeitura devolveu 10 milhões da obra”, afirmou o candidato.

Raoni destacou a proposta apresentada por ele sobre não aumentar a tarifa de ônibus, por quatro anos, a partir do mês de Janeiro. Ele explicou que a ideia principal é utilizar o dinheiro arrecadado com as multas, devido as infrações de trânsito, para investimento total na área dos transportes públicos. Outro ponto que vai garantir que não ocorra o aumento é investir na construção de uma usina solar para que parte da arrecadação também seja investida na manutenção dessa tarifa.

Raoni falou sobre as propostas que tem para incentivar a economia solidária na cidade. “Essa economia envolve produtor, vendedor e comprador no comércio justo que beneficia a todos. Em meu governo vou implantar o programa ‘João Pessoa Solidária’, criando condomínios de produção rural para potencializar o comércio de produtos em natura e incentivar o turismo rural “, disse. A segurança pública e a mobilidade urbana também tiveram amplo espaço durante o debate.

Mostre mais
Fechar