Rapper ameaça expôr segredos e acabar com candidatura de Kanye West a presidência dos EUA: ‘Você não é bipolar, você é gay enrustido’

Alguma coisa está fora do ordem entre os rappers norte-americanos! Após Kanye West “surtar” no Twitter e fazer revelações comprometedoras, Azealia Banks, que ficou careca recentemente, disse que Kanye West é “homossexual não-assumido”.

O desabafo da rapper começou quando ela ficou sabendo que Kanye West se declarou anti-aborto em seus primeiros comícios enquanto pré-candidato à presidência dos Estados Unidos. Nos seus stories do Instagram, ela declarou:

Você conhece o fato de que talvez muitas dessas mães não quisessem abortar o filho, sabe? Talvez devido ao racismo sistemático e à igualdade econômica. Talvez eles tivessem que desistir de seus bebês. Talvez houvesse muitas lágrimas que as mulheres tiveram que chorar, você sabe. Você sempre para para pensar sobre isso, filho da puta? Não, porque você não tem um transtorno bipolar. Não, você é um homossexual não assumido. É disso que se trata. Eu sei muita merda que você já fez”, disse a rapper.

Kanye West volta a falar sobre o “quase aborto de sua filha” e afirma estar bem psicologicamente

Depois de se afastar do Twitter por alguns dias, Kanye West voltou a falar sobre aborto, desta vez na rede social. Durante um comício realizado há algumas semanas, o rapper chegou a chorar ao se lembrar que desejou que sua esposa, Kim Kardashian, abortasse a primogênita do casal, North West. “Eu quase matei minha filha! Eu quase matei minha filha“, disse aos prantos.

Ao defender seu ponto de vista pró-vida, o artista recorreu à internet para explicar o motivo de suas lágrimas. Além disso, West afirmou estar bem, do ponto de vista psicológico, e reafirmou sua missão contra o aborto.

Eu chorei ao pensar em abortar minha primeira filha e todo mundo ficou tão preocupado comigo… Eu estou preocupado com o mundo que sente que você não deveria chorar sobre esse assunto“.

Existe uma tática sobre 4 D’s: Distrair, desacreditar, dispensar e destruir. Eu estou muito bem. Dê um segundo e pense no que está sendo projetado aqui“.

Recentemente, o rapper concedeu entrevista à Forbes onde afirmou que a Planned Parenthood (ONG criada para ajudar mulheres que desejam abortar) é, na verdade, uma organização promovida pela supremacia branca, levando em conta sua presença em bairros mais pobres dos Estados Unidos, onde a maioria dos habitantes são negros e latinos.

Além de ter feito um post sobre a ONG, ele também postou sobre os “mais de 22.500.000 bebês negros foram abortados nos últimos 50 anos”.

Vale lembrar que a Comissão Federal Eleitoral dos Estados Unidos já recebeu os documentos para registro da campanha “Kanye 2020”, pelo partido BDY. A inscrição na comissão federal é um dos passos necessários para a candidatura. Mas para conseguir disputar as eleições de 2020, o artista precisa se inscrever também em conselhos eleitorais estaduais.

Mostre mais
Fechar