Regras da Globo para compor debate entre candidatos revolta presidente de partido na Paraíba, ‘absurdo’

Por meio de uma nota divulgada para a imprensa, o presidente estadual do Partido do Socialismo e Liberdade, Tárcio Teixeira, protestou contra as medidas adotadas pela TV Globo para a realização dos debates entre candidatos a prefeitos nas eleições deste ano. O objetivo da emissora é que os debates tenham apenas quatro candidatos, o menor número de candidatos presentes estabelecido na legislação eleitoral.

Segue a nota:

“Li atentamente a carta da Rede Globo sobre as eleições 2020 e já comunico a sociedade paraibana que, enquanto presidente do PSOL na Paraíba, vou sugerir ao Diretório Estadual do partido que não aceite nenhum tipo de acordo que limite a democracia, que desrespeite os limites da lei e retire do povo do nosso estado o direito de conhecer todos os candidatos e candidatas que se apresentam no processo eleitoral. Considero um absurdo que candidatos/as fora da obrigatoriedade legal sejam cortados/as, como fizeram em 2016 com Victor Hugo, candidato do PSOL em João Pessoa. Mais absurdo ainda é a Rede Globo sugerir que nem o limite legal seja respeitado.

Em que a Rede Globo é melhor que as outras emissoras que estão com debates agendados ou já realizaram debates? Entendo que ao invés de sugerir o descumprimento da lei a emissora deveria buscar construir regras e estrutura que fortaleçam a democracia e protejam os candidatos, candidatas e trabalhadores e trabalhadoras da TV, a exemplo do que vem fazendo a TV Manaíra, que garantirá o distanciamento social, inseriu a obrigatoriedade do uso de máscara durante o debate e reduziu o número de assessores/as por candidatos/as.

Por fim, entendo que outra alternativa é realizar (além das medidas tomadas pela TV Manaíra para respeitar a vida e a democracia) o debate em espaço aberto, como a própria Rede Globo já realizou eventos não eleitorais em outras oportunidades, como entidades representativas de classe, de poderio econômico muito inferior, já fizeram em outras eleições. A democracia deve prevalecer!

Tárcio Teixeira

Presidente do PSOL/PB”

Mostre mais
Fechar