SABONETE CONTRA O COVID-19: Pesquisadora brasileira lança produto que promete 6 horas de proteção contra vírus

A ciência brasileira acaba de gerar outro invento muito útil para o atual momento de pandemia. Se trata de um sabonete especial criado pela engenheira química brasileira Fernanda Checchinato e que possibilita uma proteção de até 6 horas contra o novo coronavírus.

O produto é um sabonete com propriedades antivirais e bactericidas, que permanece ativo na pele durante horas. “O que eu fiz foi desenvolver uma fórmula de sabão que não agredisse a pele, que realmente lavasse a sujeira do corpo, porque esse é o objetivo de um sabonete, que tivesse perfume agradável e que fosse bactericida. Então, para dar o efeito de assepsia, adicionei a clorexidina”, explica a cientista.

O segredo do “super sabonete” criado pela brasileira é uma matéria chamada clorexidina, muito utilizada na área hospitalar, e que tem efeito contra diversos vírus e bactérias, entre eles o novo coronavírus. Segundo Checchinato, este é o primeiro produto de higiene pessoal no mundo que utiliza esta substância.

“Isso significa que se você tomar banho com o sabonete ou lavar as mãos, ele mata vírus e bactérias no ato. Mas se uma hora depois você encostar em uma maçaneta contaminada, você não vai ser infectado, porque ele fica na epiderme e continua fazendo efeito, matando as bactérias ou vírus por até 6 horas”, completa a engenheira.

Checchinato abriu sua própria empresa, a Aya para comercializar toda uma linha de produtos com o mesmo princípio ativo. A linha Gy (nome inspirado na filha da cientista, que se chama Giovana) conta com sabonete líquido, gel e até um spray para higienizar máscaras e outros tecidos

Mostre mais
Fechar