Secretário de Saúde revela que Hospital de Campanha será fechado, mas Paraíba ganhará mais 1000 leitos pós pandemia

O secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, declarou nesta terça-feira (28), que a Paraíba vai ter, após a pandemia, o legado de mais de 1.000 leitos que foram criados a partir do combate à Covid-19.

Segundo ele, são mais de 1.000 leitos, no total, sendo 377 leitos de UTI nessa ampliação provocada pela pandemia. Os leitos novos permanecerão ativos na rede hospitalar.

Geraldo Medeiros revelou que os equipamentos que serão desinstalados do hospital de campanha montado no estacionamento do Hospital Metropolitano de Santa Rita serão redistribuídos nas unidades de saúde do Sertão e Alto Sertão da Paraíba ainda para o tratamento das vítimas do novo coronavírus, por causa do aumento de casos nessas regiões.

Serão beneficiados hospitais de Cajazeiras, Pombal e Piancó, por exemplo, conforme explicou o secretário.

“Todos esses leitos vão permanecer para a assistência à saúde da população, trazendo para a Paraíba uma relação de número de leitos de UTI para cada habitante semelhante ao da Europa, 1,87 para cada 100 mil habitantes”, declarou o secretário de Saúde.

Mostre mais
Fechar