Sousa registra 10 óbitos e chega a 863 casos confirmados de Covid-19

Foi registrado o décimo óbito por Covid-19 no município de Sousa, localizado no sertão paraibano. A secretaria de saúde divulgou a informação nesta segunda-feira (13) através do boletim epidemiológico.

Segundo o boletim, o município está com um total de 863 casos confirmados, sendo 10 hospitalizados (6 em enfermaria e 4 na UTI), 350 em isolamento domiciliar, 493 recuperados e 10 óbitos. Além destes, existem 224 casos suspeitos e outros 448 que foram descartados.

O décimo óbito trata-se de uma mulher de 52 anos, moradora do Jardim Iracema. Deu entrada na UPA de Sousa no dia 28 de junho e transferida para o Hospital Regional de Piancó no dia 29 de junho. O quadro clínico se agravou levando-a ao óbito.

Sousa está classificada com a bandeira amarela. O comércio da cidade permanece em funcionamento, seguindo medidas de segurança sanitária. No dia 29 de junho, o prefeito Fábio Tyrone publicou novo decreto com novas determinações e restrições devido os avanços da doença na cidade. O decreto é válido até o dia 17 de julho.

“Os estabelecimentos considerados essenciais ficarão restritos ao funcionamento de 22h, entre eles os supermercados, conveniências, postos de combustível, farmácias, padaria, lava jatos, feiras livres, empresas telecomunicação, internet e energia elétrica, concessionárias de veículos, clinicas, hospitais veterinários entre outros”.

A recomendação do Ministério Publico da Paraíba, foi que a cidade seguisse o Decreto Estadual nº 40.304/2020, que , classificando o município com Faixa Amarela de atenção ao Covid-19, seja vetado o funcionamento de bares e restaurante.

De acordo com MP, há desobediência às normas de isolamento e distanciamento social

Segundo o MP, a população do município não vem obedecendo adequadamente as normas de isolamento e distanciamento social, uma vez que as imagens que circulam na internet dão mostras que parte da população apresenta resistência à ordem e não respeita as leis criadas com o objetivo de evitar a proliferação do vírus.

Mostre mais
Fechar