SUMIDA HÁ UM ANO: Modelo que despareceu em Nova York é encontrada vagando desorientada em favela no Brasil

Agentes da Operação Ipanema Presente localizaram, na tarde de hoje, a modelo alagoana Eloísa Pinto Fontes, 26, que estava desaparecida há um ano. A jovem foi encontrada desorientada no Morro do Cantagalo, em Ipanema, na Zona Sul do Rio.

De acordo com a polícia, a modelo foi levada pelos agentes para a base do Ipanema Presente, na Praça General Osório, na mesma região, onde recebeu apoio social. Logo em seguida, Eloísa foi encaminhada para o Instituto Municipal Philippe Pinel, na Urca, também na Zona Sul, onde passou por uma avaliação psiquiátrica e ficou internada para cuidados de sua saúde mental.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que ela segue em avaliação e que as informações sobre a situação da modelo são restritas à família. De acordo com o programa Segurança Presente, a modelo corria risco de morte na comunidade.

Modelo vivia em situação de rua

Francisco Assis, 38, amigo de Eloísa que mora no Rio de Janeiro, ajudou na ação conjunta da polícia. Em um vídeo, o rapaz agradece o trabalho dos agentes:

“Quero agradecer à Polícia Militar do Rio, a todos envolvidos nesse programa [Segurança Presente] que salvaram uma pessoa conhecida nossa que estava em uma situação de rua e correndo risco de morte. Conseguimos levar ela pro Pinel, um atendimento 100%, com pessoas gentis que compreenderam a situação. Obrigado às autoridades envolvidas”, disse o amigo.

Volta ao Brasil sem ninguém saber

Nascida em uma cidade pequena no interior de Alagoas, Eloísa deixou oito irmãos no Brasil para tentar uma carreira como modelo no exterior. A jovem estava morando os Estados Unidos desde fevereiro do ano passado.

Nos Estados Unidos, a modelo fotografou para revistas internacionais como “Elle” e “Glamour”, além de participar de campanhas para grifes como Dolce & Gabbana.

De acordo com os familiares, em junho de 2019, Eloísa havia sido encontrada vagando em uma rua de White Plains, cidade que fica a cerca de 30 minutos de trem do centro de Manhattan, em Nova York. Na ocasião, ela estava há cinco dias desaparecida.

Depois disso, ela sumiu novamente, só sendo encontrada agora no Rio de Janeiro. A família e os amigos tentam entender como Eloísa voltou ao Brasil.

Mostre mais
Fechar