Tio de Damares diz que não voaria com piloto que entrou por cotas na universidade

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o ex-deputado federal e pastor evangélico da Igreja Quadrangular do Pará, Josué Bengston (PTB), dizendo em culto que não voaria em um avião cujo piloto entrou por cotas na universidade.

Segundo fontes ouvidas pela Fórum, e que não quiseram ser identificadas, a fala do pastor foi feita em culto no dia 12 de julho. “Eu não voaria em um avião que o piloto entrou por cota. É por isso que de vez em quando cai um avião. Em 99% [dos casos] a culpa é do piloto. Ele errou alguma coisa”, disse o pastor.

“Você deixaria operar seu coração por um médico que entrou na universidade por cota? Neste mundo, a meritocracia que tem que funcionar”, continuou.

Tio da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, Bengston chegou a empregar a sobrinha em seu gabinete no final da década de 1990, marcando o início da carreira política da pastora. A informação é do jornal O Globo.

Em 2018, Josué Bengston foi condenado pela Justiça Federal à perda do mandato por participar de um esquema de desvio de dinheiro que ficou conhecido como “máfia das ambulâncias” no Pará.

Mostre mais
Fechar