UMA PRINCESA BRASILEIRA? Adolescente de 15 anos descobre que pai pode ser o Príncipe Albert II de Mônaco

Príncipe Albert II de Mônaco pode ter uma filha brasileira. Uma mulher de 34 anos, que preferiu se manter anônima por segurança, afirmou que teve uma filha com o monarca.

Segundo o Metro Jornal, a garota tem 15 anos hoje em dia, fruto de uma relação da brasileira com o príncipe, após conhecê-lo em 2004, quando ele veio ao Rio de Janeiro. Na época, ele tinha 46 anos e a tal mulher, 19.

Ela diz ter engravidado durante uma viagem que fez com ele para a Europa, sem saber até então que ele era membro de uma monarquia. Só foi descoberto esse fato quando ela se mudou para a Itália, tempos depois.

O advogado da mulher, Erich Grimaldi, afirmou que essa história veio a público porque a menina deseja conhecer seu pai biológico e a mãe resolveu cumprir esse pedido, requerendo o reconhecimento da paternidade.

“Minha cliente está vivendo um momento muito delicado e importante para a vida de sua filha, que, ao fazer 15 anos, pediu para a mãe revelar quem era seu pai natural. E ela decidiu cumprir seu desejo. A ausência do reconhecimento provocou profundo sofrimento à menina, a qual tem o direito de ser reconhecida e tutelada, e é por isso que fomos ao tribunal, após termos tentado, em vão, uma reconciliação com a família”, explicou o profissional que representa o caso.

Conheça Príncipe Albert II, de Mônaco

Albert II é príncipe soberano de Mônaco e assumiu o posto em 2005, após a morte de seu pai, Rainier III, em abril do mesmo ano.

O monarca é casado desde 2011 com a sul-africana Charlene Wittstock, com quem tem dois filhos gêmeos: Jacques, seu herdeiro ao trono, e Gabriella.

Além deles, Albert II também é pai de Jazmin Grace Grimaldi, cuja mãe é a americana Tamara Jean Rotolo, e Alexandre Grimaldi-Coste, cuja mãe é a togolesa Nicole Coste.

Mostre mais
Fechar