‘VACINA DE VENTO’: Psicóloga comemora vacina contra a Covid, mas descobre ao ver vídeo que imunizante não foi aplicado

A psicóloga Laura da Silva Santos Alves comemorou, assim como muitas pessoas, quando tomou a vacina contra a Covid na segunda-feira (14), em Sorocaba (SP). Mas a euforia durou pouco. Logo depois de postar a foto com a carteirinha de vacinação nas redes sociais, ela foi ver o vídeo que sua mãe gravou do momento tão aguardado e percebeu que foi mais uma vítima da “vacina de vento”.

No vídeo é possível ver que a funcionária da saúde coloca a agulha, puxa o êmbolo para cima e tira a agulha em seguida, sem injetar o imunizante.

Além de não aplicar a vacina, a funcionária também erra o nome do imunizante. “É a ‘astragênica’, tá? Pode ser que dê algum tipo de reação”, avisa. O cartão de vacinação que a psicóloga recebeu traz a grafia errada do imunizante.

Em um post nas redes sociais, a psicóloga chegou a comemorar a aplicação da vacina. “Chegou meu dia! Vacinada”, escreveu.

Laura disse que se sentiu enganada. “Foi como um ‘balde de água fria’, pois estava extremamente ansiosa para a vacina, tanto que o intuito de gravar era por estar feliz”, diz.

Após perceber que a dose não havia sido aplicada, a psicóloga retornou ao local para reclamar, onde soube que a responsável pela aplicação já não estava mais no local.

Ela conversou, então, com a supervisora da profissional para explicar o que aconteceu. “Me pediram desculpas e aplicaram a dose. Uma das responsáveis me mostrou a seringa vazia informando que realmente aplicou e falou que iam reforçar isso com os alunos”, conta.

Em nota, a Prefeitura de Sorocaba informou que houve uma falha na aplicação, feita por uma estagiária de uma escola técnica de enfermagem, e que a Corregedoria Geral do Município (COR) vai intervir na investigação em uma ação para profissionais da Saúde.

Segundo o Executivo, um processo de apuração foi aberto para verificar qual foi o motivo do erro na aplicação. A escola técnica também foi notificada para apurar o caso.

Não foi informado se a estagiária aplicou a vacina da mesma forma em todos os moradores que atendeu no dia em questão, ou se foi um caso isolado.

Mostre mais
Fechar